quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Comissão da República aprova mastro grande

Diário de Noticias, dia 16/12/2009 página 11

O presidente da comissão nacional para as comemorações do centenário da república, Artur Santos Silva, disse ontem desconhecer os custos do projecto da Câmara de Paredes de erguer um mastro gigante, de um milhão de euros, mas considerou a iniciativa interessante. A Câmara Municipal de Paredes quer associar-se às celebrações do centenário da implantação da república com a construção de um mastro com cem metros de altura para suportar a bandeira de Portugal, a maior do país e uma das maiores do mundo, segundo o autarca, estão a suscitar polémica no concelho, como o DN já avançou na sua edição de ontem.

7 comentários:

Daniel Nunes Mateus disse...

Quando chegamos ao ponto de os jornais noticiarem estes absurdos, de enaltecimento ditatorial, então alguma coisa está mesmo muito mal. E a culpa não é dos politicos...

editor69 disse...

Quer-me parecer que há aí algures uma tara qualquer escondidad com paus grandes!

Luís Bonifácio disse...

Aqui estão as declarações do presidente da Comissão.
Se calhar é o BPI que vai emprestar o dinheiro à Câmara de Paredes.

http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1448225

cristina ribeiro disse...

Risível.

Incúria da Loja disse...

Somos do 1.º mundo...definitivamente. Não há deficit de 8%, não vai haver colapso ao nível do endividamento externo (aliás, como não houve entre 5/10/1910 e 1926), não existe um forte índice de desemprego, a nossa Educação é o máximo, etc, etc, etc...
Prioridade: 1 milhão de euros já para o Mastro!

Paulo Selão disse...

E depois vai lá a malta hastear uma gigantesca Bandeira do Reino de Portugal e é um GRANDE 31 ehehehehe

Anónimo disse...

Para custar UM MILHÂO DE EUROS, o Mastro deve ser de ouro!
Mas quando é que essa maldita seita é presa?
Só para a Fundação do bastardo, são 25 MILHÔES de Euros mensais.

Contribuinte