quinta-feira, 7 de maio de 2009

Notícia da semana: ex-PC Pedro Namora adere ao PP"m"

11 comentários:

cristina ribeiro disse...

Esse m ( minúsculo )é um achado, Nuno.

Miguel Barroso disse...

Assim o PPm tem mais um voto. Isto admitindo que Pedro Namora vai votar no PPm

Space_aye disse...

tambem achei piada ao "m" minusculo.
De calhar querem-se identificar com o PP de Espanha. A mesma ideologia, a mesma demagogia.

Ricardo Ferreira disse...

Já não percebo nada.

Têm um partido, mas parece que não o apoiam.

Afinal o que querem... A Coreia do Norte?

Rui Monteiro disse...

"Já não percebo nada.

Têm um partido, mas parece que não o apoiam.

Afinal o que querem... A Coreia do Norte?"

Por acaso o PSD também é Social Democrata ? não me parece ...

Miguel Barroso disse...

Penso que neste blog e também como os Monárquicos em geral, há gente de todos os quadrantes políticos.
Qual o espanto?

PS - Ricardo, tem piada que o preocupe tanto quem nós "queremos". Tem algo de patológico a sua obsessão por este blog.

Ricardo Ferreira disse...

Mas o PPM é do quandrante político aqui é o monárquico.

E se têm um Partido que se intitua Monárquico, deveriam apoia-lo, digo eu...

Se eu fosse monárquico apoiaria um partido monárquico... certo???

Miguel Barroso disse...

É a sua opinião, e eu respeito-a. Mas já lhe disse que há Monárquicos em todos os quadrantes políticos. Portanto há Monárquicos que não apoiam o PPM. Prefere um desenho?

Nuno Castelo-Branco disse...

Ricardo, se o PSD e o CDS (+ o PC e o BE) parecem ser "republicanos", porque razão insiste apenas no PS? Está a entender onde queremos chegar? Se amanhã o senhor Louçã disser que o BE passa a ser monárquico, pensa que vamos logo a correr votar nele? decerto haverão monárquicos que o farão - o meu próprio pai, por exemplo -, mas muitos outros votarão em "republicanos" Ps, PSD, CDS ou PC. É assim...

Ricardo Ferreira disse...

Ou seja, o vosso vastíssmo programa argumentativo para se implementar uma monarquia é apenas ter um rei...

tudo o resto é cebolas...

Acaba por não ser um programa político, mas um programa de promoção do aspirante a rei.

Miguel Barroso disse...

Obviamente que não. Mas se pensa que sim, faça bom proveito.