domingo, 14 de junho de 2009

Um Humanista na República de Salazar - Aristides de Sousa Mendes



ARISTIDES DE SOUSA MENDES

Aristides de Sousa Mendes do Amaral e Abranches nasce, na Casa do Aido, em Cabanas de Viriato, Concelho do Carregal do Sal, aos primeiros minutos do dia 19 de Julho de 1885; alguns minutos antes tinha visto a luz do dia o seu irmão gémeo, César, filhos do juiz Dr. José de Sousa Mendes, descendente de lavradores abastados da vizinha aldeia de Beijós, originários da Muxagata, e de D. Maria Angelina Paes do Amaral de Ribeiro Abranches, da nobre Família dos viscondes de Midões, senhores do velho morgadio do Aido, cujas relações familiares estreitas permitiram que aí nascessem.
Aristides pertenceu a uma família aristocrática, católica, conservadora e monárquica - (ele também católico e monárquico). Seu pai era membro do supremo tribunal.

Recusou-se a seguir as ordens do seu governo (o regime de Salazar) e concedeu vistos a refugiados de todas as nacionalidades que desejavam fugir da França em1940, ano da invasão da França pela Alemanha Nazi na Segunda Guerra Mundial. Aristides salvou dezenas de milhares de pessoas do Holocausto. Foi o "Oskar Schindler português" (comparação pouco reconhecedora do facto de Aristides ter salvo um número muito superior de pessoas do que Schindler).

Mais informação sobre a sua vida pode ser vista aqui

1 comentário:

Daniel Nunes Mateus disse...

No livro de Fernando da Costa: Mascaras de Salazar há uma passagem do livro em que se pergunta a Salazar porque é que exonerou Aristides de Sousa Mendes, quando não fez com outros consules em Bordeus, que haviam feito o mesmo. Resposta: Se os judeus, são donos do capitalismo, porque é que aqueles que ele ajudou, não o ajudam a ele? Tem de se ter em conta, que muito daqueles que ele ajudou eram ricos. Não sei até que ponto o livro é de fiar, mas, sem duvida Aristides foi uma vitima de Salazar. Agora se Da Costa tiver certo, é saber o porque? Será só pelo seu papel em Bordeus? Não sei...E mais uma coisa, muito pouco se percebe da estrategia de Salazar para a neutralidade de Portugal na 2ªGuerra Mundial. A meu ver, acho que Salazar fez um jogo duplo muito bem concebido. Porque será que outro politico não faria o mesmo e sem tanto teatro? E mais uma questão porque Aristides de Sousa Mendes, morre na miséria?