sábado, 30 de janeiro de 2010

É fartar, vilanagem!




Amanhã lá estarão todos, para mais um regabofe que o site oficial do regime - a tal vigarice do template grátis a 100.000 Euros - única e exclusivamente propagandeia. Champanhadas, bolinhos, banquetes, charutões, é o que as fotos têm mostrado e nem um texto que se leia, um projecto de regeneração da vida pública ou um simples bocejo de enfado pela desastrosa situação actual. Dali não vem coisa alguma que preste. Nada.

Ratoneiros globais de um Estado exangue. Aldrabões compulsivos que das instituições se servem como esconderijo para todo o tipo de roubos, vigarices e ilegalidades. Uma chusma de térmitas como há muito não se via, sujará amanhã as ruas da cidade azul e branca.

Entretanto, a mitragem escolheu o 1 de Fevereiro, Dia do Regicídio, para a cerimónia do lançamento da primeira pedra do Museu dos Coches. Provocação atrás de provocação e ainda têm a coragem de publicamente afirmar que ..."os republicanos nada tiveram que ver com o Regicídio"... Gabam-se e assumem-no abertamente!

Divirtam-se à conta do Zé Povinho e fartem bem, vilanagem. Enquanto podem.

19 comentários:

João Amorim disse...

A comitiva vai ser composta por diversos dirigentes nacionais e locais – obrigados a comparecer. Não fosse o cortejo das figurinhas e devem contar-se pelas mãos os que vão alinhar nas festas...Ha!... vai haver fanfarra, comes e bebes à descrição e um portinho sem honra na inauguração da exposição. A metereologia dá chuva...

mangaru disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mangaru disse...

Eles não apresentão grandes mudanças na vida pública, e vcs como reagem? Boram lá mudar a vida pública como? Dizendo mal de quem nada faz, e fazendo obviamente outro tanto! Tanta boa proposta neste site... Tantas formas de mudar o mundo, quiçá Portugal! Parabéns pelo grande site de bate em todos que aqui apresentam!

Anónimo disse...

se fosse o Louçã a dizer metade disto...

editor69 disse...

Promovam este video que elucida muita coisa desta corja que ainda por cá anda...

http://blogaleste.blogspot.com/2010/01/31-de-janeiro_30.html

Abraços

NRC disse...

Por mim, que é como quem diz, toda a minha família, amigos e conhecidos, porque divulgo a informação que vocês abnegadamente recuperam das 'trevas', agradeço o 'pouco' que fazem.
Interessa-me mais a História que a política, mas quer me parecer que se outros tantos neste país fizem-se outro tanto poucachinho a bem da verdade e do conhecimento, este país estaria bem melhor. Pelo menos ao nível do raciocínio e da informação.
Muito obrigado.

Nuno Castelo-Branco disse...

Ao Mangaru:

este blog destina-se única e exclusivamente à divulgação daquilo que foi e é a república portuguesa. Os monárquicos têm contribuído e muito, nos seus blogues e associações, para promover aquilo que pensam ser soluções para múltiplos problemas nacionais. Se o Mangaru estiver interessado, bastar-lhe-á consultar a lista de blogues presentes aqui no Centenário - barra à direita - e talvez obtenha aquilo que pretende saber.
É que do lado do site oficial, além de festanças e banquetes para umas dúzias de convivas, o Mangaru facilmente comprovará um zero absoluto, como aliás seria de esperar.

mangaru disse...

Ao Nuno Castelo-Branco:

Eu vejo duas facções extremisto-radicais a contarem a história como lhe convém, mas nenhuma das fações vai mudar Portugal, estão apenas a fazer propaganda. Apenas queria com o meu comentário anterior que vcs neste blog não fazem nada de construtivo. Mesmo que tudo o que este blog diz sobre a implantação da républica ( eu acredito que tal como os repúblicanos, os monarquicos também gostam de exagerar, acho que pertence a todos os derrotados fazer o papel de coitadinhos, ai que eles bateram-nos ), não tem nada de anormal, todas as revoluções são feitas com armas, ninguém desiste do poder sem assim ser. O monarquicos levaram uma tareia, pois ainda bem.
Agora se vcs de alguma forma alvejam voltar ao poder ( podemos colocar a coisa assim, acho que ninguém me acusar de mentir ) não seria talvez altura de estudarem menos história e mostrar algo que se veja? É que os portugueses gostam de coitadinhos mas não os querem a dirigir o país! (Graças ao Sr, para quem nele acreditar )

FAR disse...

Caro Mangaru,

Que nao houvesse (mas que os há, e que nao sao poucos) mais espaços a debater ideias, propostas, alternativas a esta putrefacta republica, que o 'simples' facto de este blog fazer o serviço de apresentar alguma da história convenientemente esquecida ou adulterada pelos didáticos manuais de propaganda republicana e seria já essa (e é) uma importantissima accao por Portugal.

Algo que se veja é a vergonhosa comemoraçao do centenario da republica. Algo que se veja é aquilo de que eles gostam. Veja-se por exemplo o belo mastro a ser mandado construir com dinheiros publicos (um milhao de euros dizem uns, uma bela iniciativa dizem outros, passaram-se de vez, digo eu). 100 metros de altura, dizem que terá o mastro. Aí está algo que se veja, à distancia, e à bela façon republicana.

Eu cá prefiro discutir no campo das ideias, criar daí as bases de um ideal e, sim, de um regime.

Acredito sinceramente que quando houver mais gente a conhecer a verdadeira republica que assolou Portugal durante os ultimos 100 anos, bem como o que representa verdadeiramente uma monarquia, ao contrario do propagandeado, talvez entao a accao de que voce fala surja mais naturalmente, mais democraticamente.

Quiçá, sem serem necessários tiros pelas costas...

FAR disse...

PS. Se estiver disposto a ver um bocadinho da republica numa perspectiva algo diferente daquela que é oferecida no programa das comemoraçoes, aconselho-o a seguir a ligaçao para o video disponibilizado pelo editor69, no comentário aí de cima.

mangaru disse...

Caro FAR,

Já vi o video, morreu muita gente é vem verdade, não está em causa, o facto de a república ter sido implantada com um banho de sangue não muda os valores da mesma.
Uma revolução na maioria das vezes implica isso mesmo. Ainda assim a república e a democracia não deixa de ser uma forma de governação mais justa que qualquer monarquia.
Alguém de uma familia não deve ter mais poder à partida que qualquer outra pessoa.

JSM disse...

Mas todos nascemos à partida com poderes diferentes uns dos outros. E isso é uma lei de ferro da natureza. A monarquia apenas tenta dar-lhe um conteúdo responsável e útil à comunidade. Ou o manguru prefere esta fachada igualitária onde por trás (e secretamente) se movem as várias maçonarias impondo os seus interesses ocultos. Com franqueza! Nem mesmo depois de saber pelos jornais que o supremo tribunal de justiça é uma loja maçónica (alegação não contestada)nem mesmo assim o manguru se convence que precisamos de denunciar esta pouca vergonha. E para isso bom trabalho tem feito este blog.
Bem hajam.

FAR disse...

Caro Mangaru,

O primeiro passo para a desintoxicacao da propaganda republicana e conseguir perceber que os termos monarquia e democracia nao sao incompativeis. Ora bolas! Entao sera ainda necessario mencionar os casos do Reino Unido, Suecia, Dinamarca, Holanda, Espanha, entre outros? Serao eles realmente (realmente ;) ) menos democraticos que Portugal?

Nao lhe peco (ainda) para concordar que a monarquia seja ate significativamente mais democratica que a republica. Talvez ainda seja cedo para que voce possa admitir a torpe dependencia de todos os orgaos de poder aos partidos, em que nem sequer a comunicacao social esta livre de constantes interferencias.

Talvez seja dificil de se perceber que o papel do presidente parece mudar conforme o homem que ocupa o lugar. Que a relacao que o chefe de estado estabelece com o poder legislativo esta sempre, e descaradamente, sujeita as vontades dos partidos que os ensombram.

Que um chefe de estado preparado, sem dependencias, sem vicios politico-partidarios, sem dever favores a ninguem, e de facto o mais credivel garante da democracia.

Talvez seja ainda demasiado cedo, caro Mangaru, mas, por Portugal, quando nao o for, so espero que nao seja tarde de mais!

mangaru disse...

Ao JSM,

Chama-me comunista se desejardes, mas se alguém têm à partida mais poder que outros então ai que está o problema, e sim, o sistema actual não é perfeito, nem estou a querer afirmar isso, mas não é por isso que a monarquia seria uma alternativa mais justa. E se bem sei a história da maçonaria tem bem mais de um século, onde andavam eles no tempo da monarquia?
De qualquer forma, a maçonaria não parece ser algo muito mau, analizando os seus principios básicos... a não ser claro que haja alguma deturpação que eu não conheça.

mangaru disse...

PS: Quanto à credibilidade, descupe-me JSM mas dou bastante mais credibilidade a qualquer um que suje as mãos em lutas partidárias e jogadas de poder que a criançinhas mimadas e criadas em berço de ouro, que não precisem de sujar as mãos para mandar num pais.
Comparar a credibilidade do Mario Soares, Jorge Sampaio ou Cavaco Silva com o Duque de Bragança, não querendo ofender ninguém é quase uma piada!
Pelo menos os 3 primeiros foram à luta... se o Sr Duque quer governar vá a votos como os sr. com vicios!

NG disse...

A mangaru - o seu discurso é a melhor argumentação pro-monarquia.
Certamente não irá entender o que quero dizer, pois os seus dogmas não lhe permitem, mas pelo menos, ebcabeçe uma coisa:

Nem todos querem o poder, amigo.
Acredite que há coisas mais importantes que a politiquice.
Mas é ai memo que reside o seu handicap...
Ou seja, cada um fica na sua.

Ps - Ha pessoas como as traças - dizem que não gostam, mão querem, mas são atraídas para a luz... :D

mangaru disse...

NG, realmente não percebi, eu não disse que todos querem o poder, mas todos deveram ter a mesma liberdade de poder representar o pais e de por ele ser escolhido para o poder fazer.
Quanto ao à coisas mais importantes que politiquice tenho que lhe dar razão, chama-se politica e governar +/- 10 milhões de portugueses.
Não percebo porque os monarquicos gostam de deixar algo desta importância ao acaso de uma linhagem de sangue.
Não se trata de querer ou não o poder, eu não acho que uma posição de voto seja uma posição de poder tão grande assim, e pelo que percebo quanto ao governo eleito nem se quer está em causa.
Para mim o que está em causa é sim a liberdade de escolha, que segundo o NG e a maioria dos monarquicos, pretende fazer querer que não é legitima.

Daniel Nunes Mateus disse...

Caro mangaru
Aconselho a ler o livro de Fernando Amaro Monteiro: Salazar e o Rei que não foi e talvez perceberá porque é que a causa real não têm um tusto furado. Porque se houvesse grandes financiamentos, tinhamos um plano de acção diferente. E o pouco que vamos fazendo resulta da boa vontade de todos os intervenientes. E eu falo por mim mesmo.
Pense lá porque é que a exposição Resistencia Da alternativa republicana à luta contra a ditadura (1891-1974) é uma das principais deste centenário? Claramente estão a usar a figura de Salazar para justificar estas comemorações, subintendendo também a luta contra a oposição monárquica que depois de 26 continuava a vigorar (Depois manipulada por Salazar)

日月神教-向左使 disse...

成人論壇,080聊天室,080苗栗人,免費a片,視訊美女,視訊做愛,免費視訊,伊莉討論區,sogo論壇,台灣論壇,plus論壇,維克斯論壇,情色論壇,性感影片,正妹,走光,色遊戲,情色自拍,kk俱樂部,好玩遊戲,免費遊戲,貼圖區,好玩遊戲區,中部人聊天室,情色視訊聊天室,聊天室ut,成人電影,成人遊戲,成人文學,免費成人影片,成人光碟,情色遊戲,情色a片,情色網,性愛自拍,美女寫真,亂倫,戀愛ING,免費視訊聊天,視訊聊天,成人短片,美女交友,美女遊戲,18禁,三級片,自拍,後宮電影院,85cc,免費影片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,美女,成人圖片區,avdvd,色情遊戲,情色貼圖,女優,偷拍,正妹牆