quinta-feira, 3 de junho de 2010

Cronologia da república - 3 de Junho

  • 1911


Execução do regulamento provisório da GNR

  • 1918

Desordem na greve dos ferroviários

Escândalo envolvendo um ex secretário das finanças, numa transição de 33.000 acções da CP

  • 1920

O governo concede à cooperativa do funcionalismo público as mesmas regalias concedidas à cooperativa militar

  • 1921

Declara-se em greve o pessoal dos eléctricos de Lisboa

  • 1924

A câmara sindical do trabalho de Lisboa proclama a greve geral de 48 horas, contra as deportações

Inicio da 1ª Festa da Raça

  • 1925

Tentativa de greve geral, em protesto pelas deportações, sem julgamento, de presos políticos






Fontes: aqui

2 comentários:

asmo lündgren syaliot disse...

É evidente que a República foi violenta,o meu avô matou pela república sendo monárquico e sidonista
tal como um dos meus bisavôs matou pela monarquia sendo maçon e republicano
houve momentos violentos no fim do regime monarka
tal como no início meio e fim destas várias res públicas que o foram de nome


E que a a sociedade portuguesa excepto breves periodos sempre foi domesticada...

gurdiz é só nisso que concordamos
meus antepassados sem nome defenderam e morreram em regimes ~em que não se reconheciam...
é assim
conservadores somos preferimos um cavaco boçal...a um pretendente com algum porte mas também anquilosado no tempo e nas ideias

asmo lündgren syaliot disse...

houve exilados pelo 5 de outubro que pátrias não têm ...
não são nórdicos, nem mediterraneos sunt
é assi...
não tenho reis nem noruegueses nem suecos de Bernadotte
nem portugas...
snicroi