domingo, 21 de março de 2010

O JANOTA BERNARDINO

Bernardino, sempre bem posto, usa agora um novo plastron.
A avaliar pela escolha, prevê-se para breve nova mudança de regime...
A Comissão de Cultura e Turismo premeia quem adivinhar onde foi feito o cliché.

12 comentários:

A Voz Nortenha disse...

Uma maravilha! este vendido assim está muito melhor!!

MSC disse...

Caro João Afonso Machado

Em primeiro lugar não posso deixar de concordar que as rotundas de Famalicão começam a estar mais coloridas e mais compostas.
Em segundo lugar quero-lhe agradecer, não só o retomar da Doutrinação de que as Ilustres Personalidades que nomeou em Post anterior nos deixaram cativo, mas também todo o dinamismo que veio imprimir ao Centenário da república: não há dúvida que é com estes Machados que cortamos rente
as tentaculares raízes republicanas!

Nuno Castelo-Branco disse...

Esse f.d.p. está em Famalicão, terra da "minha gente"? Que ignomínia... Não há nenhum primo meu que coloque também um bocadinho de trotil na base desse imbecil?

Pedro disse...

Foi em Vila Nova de Famalicão!

Anónimo disse...

Hastear a bandeira monárquica em Esposende (http://www.youtube.com/watch?v=4FK76cYGgJs&feature=player_embedded)E


Em Esposende também houve bandeira
M. Figueira

Anónimo disse...

Antes de mais:

MSC: muito obrigado pelas suas encorajantes e amáveis palavras. Só lembro que os blogs se fazem smpre com a participação dos comentadores. Logo - continue a comentar.

E foi o meu Amigo o 1º a descobrir a localização da estátua. É realmente em V. N. de Famalicão. Terra de Machados - dos genuinos e dos outros.
O nosso Amigo Pedro também localizou a estátua. Digamos que temos dois 1ºs ex-aequo. Dois premiados, portanto.

Como adivinho que sejam ambos nortenhos, não será difícil encontrarmo-nos para receber o prémio. Consiste este num excelente jantar de perdizes estufadas, em local a anunciar lá para as Terras da Maia... Mais uma magnifica bandeira nacional, originária de antiquissimos artesãos de Braga.

Também não quero esquecer a pessoa dos generosos rapazes que embonecaram o Bernardino: o António Oliveira e Sousa e o Pedro D. Costa. Em meu nome e no do próprio laureado que assim, tudo o indica, se prepara para se refiliar no Partido Regenerador.

João Afonso Machado disse...

Cm as devidas desculpas: o comentário antecedente é meu.

Francisco RB disse...

Caro amigo deve querer voltar a ser par do reino...
O bernardino foi das piores coisas que surgiu em Portugal, seja monárquico ou republicano, o verdadeiro camaleão político!
Foi um político terrível responsável pela instabilidade da Iª República, não é de estranhar que por duas vezes foi afastado da presidência pela via revolucionária.

Filipa V. Jardim disse...

João Afonso,

Tem razão quando diz que um blog se faz também com a participação dos comentadores. Quanto ao plastron do Bernardino, beneficiou-o, sem dúvida :)

João Afonso Machado disse...

Francisco:
Bernardino foi um finório; um ratão. Um autentico demagogo.
Curiosamente «vendeu» a imagem de educador, escreveu, perorou, dissertou... sempre sobre educação e pedagogia.
Ah! Tirava a cartola a qualquer importante com quem se cruzasse. Nisso era um primor de educação.

Filipa: O plastron fica-lhe muito bem. Com o janotismo de Bernardino, o azul-branco fica na moda. Sucesso à vista para Portugal.

Luis Ferreira disse...

Tenho que concordar que o Bernardino Ficou muito mais janota...

Luis Ferreira disse...

Tenho de concordar que o Bernardino ficou muito mais janota...